Deprecated: Non-static method TlpTeamHelper::config() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/pocof605/www.pocofundo.mg.gov.br/administrator/components/com_tlpteam/tables/team.php on line 40

Deprecated: Non-static method TlpTeamHelper::config() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/pocof605/www.pocofundo.mg.gov.br/components/com_tlpteam/views/team/tmpl/default.php on line 12

Dr. Gil Torres

1944 a 1945

Nasceu em Bambuí – MG aos 06.07.1917 e Faleceu na mesma cidade aos 08.06.1970. Fez estudos em Belo Horizonte, onde conheceu Dulcenea, filha de Dr. Macário chefe político em Poço Fundo. Casou-se e veio residir em Poço Fundo, onde nasceram dois de seus três filhos. São filhos do casal; Elizabete Torres Ragone, Reinaldo Torrres e Egiete Torres esta já falecida. De Poço Fundo mudou-se para o Rio de Janeiro, onde exerceu a profissão de jornalista. Retornou a Bambuí, em 1.947, quando seu pai, Sinfronio Torres, para assumir a administração de uma farmácia deixada pelo pai. Foi prefeito de Bambuí com mandato iniciado em 1967. Faleceu de maneira acidental, quando ainda era prefeito, em 08.06.1970.
Como Dr. Macário era chefe político em Poço Fundo correligionário e amigo do governador Benedito Valadares, indicou seu genro para Prefeito de Poço Fundo, com a aprovação de seu partido político. Foi nomeado, sucedendo o Prefeito Lameuzinho.
Dos anais da Câmara Municipal, copiamos alguns de seus atos. Em 17.11.1944, nomeou José Eutrópio de Oliveira para fiscal do distrito sede da cidade. Em 01.01.1945, nomeou Custódio da Silva (João Evilásio) farmacêutico e residente em Paiolinho, para ser o fiscal daquele distrito. Em 08.01.1945, assinou contrato com empreiteira de Poços de Caldas, para reconstrução e reforma do grupo Escolar José Bonifácio, de Poço Fundo.
Diz Dr. Schiller Noronha: "Eu me lembro de algumas de suas realizações em nossa cidade. Gil Torres começou a fazer canteiros centrais na avenida Dr. Lélio,mas não chegou a gramá-los e plantar flores. Sei que o Prefeito que o sucedeu, abandonou a obra, mandando passar carros de boi sobre os canteiros. Quando eu subia para o grupo Escolar, achava aquilo muito triste, pois esperava ver ali flores".